sexta-feira, 2 de outubro de 2015

ENTENDENDO GÊNESIS

       Quando Deus cria o mundo, ele ajunta as águas primevas para que a terra seca pudesse aparecer, e nela ele faz crescer todo tipo de vegetação. E assim ele provê tanto espaço para os representantes de seu governo, a fim de viverem, quanto alimento para seu sustento. Mais particularmente, ele estabelece seus governantes terrenos num jardim, isto é, numa área fechada e protegida onde a flora floresce. Esse jardim representa espaço territorial único na ordem criada onde Deus quer que os seres humanos desfrutem de bênção e harmonia com ele, entre si, os animais e a terra. Deus só se faz presente nesse templo-jardim, porém a humanidade perde esse templo quando estabelece seu reino
rival. Por fim, quando Deus chama a Abraão para tornar-se uma grande nação, ele promete dar à sua prole a terra dos cananeus corrompidos. Justamente como a aliança de Deus com Abraão, em Gênesis 17, explica a promessa em Gênesis 12.3, de fazer de Abraão e de sua semente uma bênção às nações, assim também sua aliança com Abraão de dar-lhe a terra de Canaã (Gn 15) explica suas promessas em 12.2 de fazer dele uma grande nação. Deus reconhece a fé de Abraão na promessa do Senhor de dar-lhe prole inumerável quando, qualificando Abraão a tornar-se o recipiente de uma concessão irrevogável de terra, idealizou que ela se estenderia do rio do Egito ao Eufrates (Gn 15.6- 19). Nessa terra, da qual mana leite e mel, seu povo será protegido e sustentado. Essa promessa de terra se cumpre progressivamente diversas vezes, porém nunca se conclui. Deus, inicialmente, cumpre a promessa através de Josué (Js 21.43-45), porém não completamente (Js 13.1-7); através de Davi e Salomão (1Rs 4.20-25; Ne 9.8), porém ainda não em termos finais (ver Sl 95.11; Hb 4.6-8; 11.39, 40).
    A mudança-padrão pode ser inferida do fato de que o termo terra, a quarta palavra mais freqüente no Antigo Testamento, nunca é usado no Novo Testamento em referência a Canaã. Aliás, o uso veterotestamentário do termo terra em referência a Canaã é substituído pela abrangência de toda a terra em Mateus 5.5 e Romanos 4.13.80 Nem Cristo, nem seus apóstolos, ensinaram que o Israel étnico disperso regressaria novamente a Canaã

Um comentário:

  1. Parabéns pelo Blog. Deus ti abençoe.
    Convido a participar do novo Agregador Blogospel. Exclusivo para blogs e sites gospel, divulgar conteúdos relevantes para o povo de Deus, levar o evangelho de Cristo pra muita gente. E mais, bom para aumentar o tráfego do seu blog ou site.
    Não precisa cadastrar, é rápido e prático! Apenas seja parceiro colocando nosso banner na sua página e pronto, já pode enviar seus links.
    Acesse e conheça: http://semeandojesuscristo.blogspot.com.br
    Sua parceria é muito importante
    Graça e paz!

    ResponderExcluir

Faça comentário aqui.
D=